Pular para o conteúdo principal

Amazonas: Cultura, natureza e gastronomia


Roteiro de 3 dias em Manaus
Quando? A melhor época para visitar Manaus são nos meses relativamente secos, entre junho e novembro. Típico da floresta amazônica, este clima é caracterizado por altas temperaturas, umidade muita alta, falta de ventilação e chuvas torrenciais. Manaus recebe mais de 2.300 mm de chuva por ano, e a precipitação é mais elevada entre dezembro e maio. As horas de sol são apenas 1.784 por ano.
Dica: leve com você um guarda-chuva e ande sempre com ele, pois pode chover a qualquer momento.
Hospedagem: Eu fiquei hospedada no Hostel Manaus localizado bem no centro, achando que ficaria bem localizada, porém, não foi tão bom negócio. Achei o centro sujo, deserto e ouvi de muitos locais que era perigoso e não recomendado andar pela região durante a noite. 
Sobre o Hostel: Os quartos e as áreas comuns são bem amplas e limpas, o wi-fi funciona, os funcionários são excelentes, e o café da manhã possui frutas, sucos, pães, queijo e presunto. 
IMPORTANTE: devido ao calor/umidade reserve um quarto com ar-condicionado. Não é conforto, mas uma necessidade! 
Uma outra opção de Hostel é o Local Hostel, tentei me hospedar nele, mas não havia vaga. Ele fica mais próximo do Teatro Amazonas, ponto de referência no centro e local onde ficam restaurantes e bares - ideal para lanchar a noite.
Se você não faz muito o tipo aventureiro ou está com crianças, aconselho hospedar-se em Ponta Negra - um bairro mais bonito, moderno e menos perigoso que o centro. A orla de Ponta Negra fica bem movimentada a noite! 

Roteiro
Primeiro dia: 
Em parceria com a Amazing Tour Agency, fiz um passeio que não pode ficar de fora do seu roteiro: Combo turbinado Boto + Índio + Encontro das Águas.
O combo custa R$ 300,00 (consulte as condições com o Leonardo através do número (92) 99186-7133, pois, podem haver promoções de acordo com cada período). O passeio possui duração aproximada de 7 horas e o almoço está incluído no preço. 
Ponto de Partida: Porto do centro de Manaus às 9h
Saímos em lancha rápida vistoriada pela capitania dos portos do Amazonas e capitão devidamente habilitado em direção à primeira parada: O Encontro das Águas
O Encontro das Águas é o encontro do Rio Negro com o Rio Solimões, que inicialmente não se misturam por certa de 6 km. Quando ocorre a junção, recebe o nome de Rio Amazonas. A diferença de composição, temperatura, taxa de acidez e densidade é o que evita a mistura.
Este fenômeno incrível da natureza pode ser visto até do espaço. Acreditam?!
Dali, seguimos para a segunda parada, uma casa flutuante no meio do Rio, onde as pessoas podem fazer uma pescaria simbólica (os peixes são devolvidos) e comprar artesanatos.
A terceira parada do passeio foi uma breve caminhada na floresta. Neste momento você se dá conta de que está no meio da Amazônia, em contato com a natureza, e com toda a história do Brasil.
Depois da caminhada, o almoço! Um verdadeiro banquete cheio de comidas regionais à disposição. Ah, você pode comer à vontade e só paga o que for beber.
Dali, seguimos navegação por cerca de 1h até a tão esperada interação com os Botos. Lembrando que não há exploração! Os animais são selvagens e estão soltos no rio. A interação só ocorre quando atraídos por peixes pelo profissional que ali fica e nos dá todas as orientações.

Depois desse contato incrível com os Botos da Amazônia, fomos à cereja do bolo: Visitar uma Tribo Indígena!
Tribo Tuyuka:
Visitar uma Tribo Indígena no Brasil é voltar no tempo e entrar em um livro de história. Interagimos, dançamos, ouvimos um pouco de música, comemos comida típica, fotografamos e compramos artesanato.

Segundo dia:
Visitando Presidente Figueiredo com a Amazing Tours Agency 
Localizado à 107 km de Manaus (+ou- 1h de viagem), Presidente Figueiredo é conhecido como a terra das Cachoeiras. Para conhecer todas ou as mais conhecidas e bonitas é indicado se hospedar por lá. Como minha viagem era curta, fiz um bate e volta.
A van passou no hostel às 8h e retornou às 17h para Manaus.
Valor: R$ 250,00 (transfer ida e volta + guia + entrada das cachoeiras + almoço)
A primeira parada foi na Cachoeira de Iracema:
Depois de umas horinhas relaxando nesse lugar maravilhoso, fomos almoçar no centrinho de Presidente Figueiredo e seguimos para a Cachoeira do Santuário:
Visite também: Cachoeira do Mutum, Cachoeira Maroaga e Gruta da Judéia (estas somente são visitadas com auxilio de um guia local que cobra R$ 100 por grupo independente do número de pessoas).
Melhor maneira de chegar? Alugando um carro, pois as empresas de turismo não levam até lá a não ser que você pague um tour privado. 
*Indo por conta própria, você deverá pagar R$10 para entrar nas cachoeiras
A Amazing Tour Agency oferece esse serviço. Entre em contato com o Leonardo através no número (92) 99186-7133 e peça um orçamento do tour privado.

Terceiro dia:
Os aventureiros de plantão partiriam para uma Expedição na Selva, porém, por estar sozinha e ser alérgica a picadas de insetos, resolvi não arriscar e fiquei de fora dessa. Acredito que seja incrível dormir e acordar no meio da floresta amazônica, ter contato com animais selvagens, fazer trilhas e madrugar para ver o nascer do sol. 
A Amazing Tour Agency oferece pacotes de 2 à 5 dias em diferentes tipos de Lodge. Acesse o site ou entre em contato com o Leonardo (92) 99186-7133.

Voltando a programação do meu terceiro dia de viagem... como não fiz a expedição na selva, resolvi relaxar no melhor Flutuante do Amazonas, o Flutuante Deck 7 a convite da querida Carol. 

O Flutuante Deck 7 está localizado no Lago do Turumã - Manaus/AM.
Possui 250 m² e conta com uma super estrutura que inclui quarto, banheiro, cozinha completa (louça, panelas,talheres,copos e utensílios), mesas e cadeiras, churrasqueiras, boias e flutuadores, prancha de SUP, área isolada para banho e um deck flutuante no meio do rio. 
O deck comporta confortavelmente 40 pessoas e oferece pacotes de refeições para maior comodidade dos clientes. O valor do aluguel de segunda à quinta é R$ 400 e sexta à domingo/feriados R$ 600 a diária. 
Para maiores informações e reservas: entrar em contato com a Carol pelo direct no instagram do Flutuante Deck 7 ou pelo whatsapp (92) 98113-9234

Sobre o pôr-do-sol mais bonito da vida? Foi visto do Deck 7! 
Obs.: A foto abaixo está sem filtro!


Comidas Regionais do Amazonas:
Não deixe de experimentar o Pirarucu e o Tambaqui - são os melhores peixes! Quando acompanhados por um arrozinho branco, farinha do Uarini e o Baré (guaraná típico da região) ficam melhores ainda.
Dica de café da manhã: Café com Leite
Peça uma tapioca com queijo coalho e tucumã.Melhor tapioca da vida! 
Para jantar, que tal um rodízio de sopa no Hamburguella?!
Isso mesmo! Jamais pensei que fosse comer em um rodízio de sopas na vida.
Fui, comi e aprovei! As sopas são típicas da região e a que eu mais gostei, recomendo e quero tentar fazer em casa é a sopa de Palmito
O Amazonas ganhou meu coração e meu estômago haha! 

Ah, para terminar o post, vou falar um pouquinho sobre o Centro Histórico de Manaus. Porque pouquinho?! Como podem perceber, explorei mais a natureza nesta viagem, e como fui alertada que o centro era perigoso, evitei andar por lá, principalmente porque estava sozinha.
Separe um dia para conhecer:
Teatro Manaus: Inaugurado em 1896 é a expressão mais significativa durante o ciclo da borracha. Tornou-se um dos monumentos mais conhecidos do Brasil, e consequentemente, um símbolo de Manaus. 
Mercado Municipal Adolpho Lisboa - um dos principais centros de comercialização de produtos regionais da cidade.
Endereço: Avenida Eduardo Ribeiro, Centro, Manaus 
Museu do Seringal - Prepare-se para ter uma aula prática do ciclo da borracha. O museu foi cenário do filme A Selva. 
ou/e Museu da Amazônia - Musa um museu a céu aberto onde é possível caminhar por trilhas no meio da floresta e vê-la do alto de uma torre de 42 m.
Endereço: Av. Margarita, s/n Cidade de Deus, Manaus.
Funcionamento: 8h30m às 17h. 
Visita guiada R$ 10 - subida na torre R$ 30. 

Comentários

  1. Que demais! Deu mais vontade ainda de conhecer o amazonas!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Que post completo!
    Antes de ler, eu não fazia ideia que Manaus e região tinha tanta coisa legal pra fazer... Já quero conhecer!

    ResponderExcluir
  3. Amei o post Parabéns bem completo, sou louca para conhecer esse lugar e agora fiquei ainda mais com
    Vontade !������

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Amazonas é isso mesmo, muita vida, muitas belezas naturais, e acredite, existem outras milhares de cachoeiras e locais tão lindo quanto...sou guia aqui em Manaus e caso alguem um dia precise de um auxilio estou a disposição.

    Bruno Bastos +5592992149592

    ResponderExcluir
  5. Marcelle, bom dia!

    Estou pra fazer essa viagem agora em Abril e gostaria de umas dicas já que vou sozinha.

    Amei sua postagem!!! Acredito ser uma viagem surreal e enriquecedora, né?

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lorena, sem dúvidas é uma viagem incrível e enriquecedora.
      Tente fazer o roteiro/seguir as dicas deste post. Se tiver alguma dúvida específica é só falar.

      Tome cuidado ao andar pelo Centro de Manaus. Fui alertada por vários locais. Evite andar sozinha principalmente a noite.
      Fora isso é só aproveitar!

      Excluir

Postar um comentário